Francisco Manuel Sousa

A canção mais estúpida da História da música portuguesa

Na canção “Anel de Rubi”, o Rui Veloso afirma que aprendeu uma grande lição: «não se ama alguém que não ouve a mesma canção».

E eu aprendi que não se ama alguém que ouve o “Anel de Rubi” do Rui Veloso.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A canção mais estúpida da História da música portuguesa